Aulas de violão clássico/erudito em São Paulo

Aulas particulares de violão clássico/erudito em São Paulo
(ao lado do metrô Jardim São Paulo/Ayrton Senna)

  • aulas a partir dos 7 anos
  • leitura de partitura, técnica, repertório
  • aulas sempre individuais
  • complemento teórico opcional: contraponto, harmonia, análise, composição

andrepsouza@gmail.com
(11) 954782620 (WhtasApp)

A música clássica é uma tradição centenária dentro da cultura Ocidental. O violão de construção moderna é dos poucos instrumentos que consegue executar com fidelidade obras de praticamente todos os períodos desta escola. Ao estudo deste repertório damos o nome de “violão clássico” (chamado por alguns de “erudito”, ainda que não haja diferença prática entre os termos).

Apesar de ser um dos instrumentos mais difundidos em nosso país, nem todos que tocam violão transitam livremente pelo universo do violão clássico, que é cheio de especificidades e códigos próprios. Por isso, quem deseja mergulhar nesse universo deve buscar orientação adequada, com profissionais de formação sólida. É comum ouvirmos que basta tocar música pela partitura e “usando os dedos” para alguém dizer que toca violão clássico, mas a verdade é que existe toda uma carga de conhecimentos históricos, técnicos, posturais, de repertório e, principalmente, sonoros que são impossíveis de serem aprendidos sem uma boa dose de dedicação.

Além do repertório tido como tradicional, no Brasil a escola do violão clássico também abraçou o repertório do violão brasileiro instrumental, que inclui obras de Dilermando Reis, João Pernambuco, Garoto, além de arranjos de obras de Ernesto Nazareth, Pixinguinha e outras canções brasileiras.

Se você busca entrar neste universo, sinta-se convidado para uma aula experimental sem compromisso, na Zona Norte de São Paulo. Você entenderá qual o percurso a ser percorrido, quais os materiais principais que são usados nas aulas e como a tecnologia pode auxiliá-lo no estudo.

violao_classico

André Priedols: formado em Composição pela Unicamp em 2009, estudou violão clássico com Fábio Zanon, Paulo Martelli, Ângela Muner e Antonio Guedes. Guarda com carinho especial as aulas com Carlos Novelli que, em Vinhedo, passou-lhe as primeiras noções desse mundo apaixonante.

Navegue pelo site e conheça mais do trabalho do professor.